Apresentação

- Valores entre premiação e contratação dos projetos variam de R$ 580 mil a R$ 749 mil.

- Propostas poderão ser enviadas gratuitamente conforme cronograma de cada edital

Lançados pelo Governo do Estado do RS, os cinco Concursos Nacionais de Arquitetura promovidos pelo Projeto Iconicidades buscam fazer frente ao desafio de tornar as cidades gaúchas mais inovadoras, criativas e empreendedoras.

A iniciativa é voltada para ressignificar e estimular a retomada de espaços arquitetônicos icônicos nas regiões escolhidas – ambientes que façam parte da identidade local, seja pela localização, pelo estilo arquitetônico que imprimem, ou mesmo pelo uso que deles se fez no passado.

Na primeira etapa do projeto, foram selecionadas arquiteturas simbólicas de cinco municípios gaúchos, bem como as propostas de cada um para dar a elas um novo sentido, promovendo o estímulo à inovação e à economia baseada no capital intelectual e contribuindo para criar ecossistemas criativos e que estimulem novos negócios.

Uma das cinco propostas selecionadas é a do município de Santa Maria, que agora é objeto do CONCURSO ICONICIDADES SANTA MARIA – Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo para o Clube dos Ferroviários: Centro de Inovação e Economia Criativa. O concurso irá selecionar as melhores propostas de intervenção no prédio do antigo Clube dos Ferroviários, proporcionando a criação de um ambiente que desenvolva o espírito colaborativo, promova a inclusão de jovens e a inserção no mercado de trabalho e, ainda, permita o ensino das artes.

As propostas devem ser desenvolvidas em nível de Estudo Preliminar. As três melhores serão premiadas:

• 1º lugar: R$ 20 mil
• 2º lugar: R$ 15 mil
• 3º lugar: R$ 10 mil

Além disso, os autores da proposta melhor classificada serão contratados pelo Governo do Estado para desenvolverem os projetos executivos completos.

O CONCURSO ICONICIDADES SANTA MARIA – Concurso Público Nacional de Arquitetura e Urbanismo para o Clube dos Ferroviários: Centro de Inovação e Economia Criativa é promovido pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul, com apoio da prefeitura de Santa Maria e assessoria e consultoria do Departamento Rio Grande do Sul do Instituto de Arquitetos do Brasil (IABRS).